Notícias arrow Sindicato arrow A História
A História PDF

A Casa dos Vinte e Quatro

Em 1383, D. João I, o Mestre de Aviz, ao assumir a chefia do Reino determina que “vinte e quatro homeens, dans de cada mester, tivessem carrego destar na Câmara” e no ano seguinte estabelece que a convocação dos 24 seja obrigatória e que as deliberações da vereação só sejam válidas com a maioria deles.

D. João I, ordena que os 24 elejam em cada ano os quatro procuradores à Câmara e cria uma autoridade. O Juíz dos 24, mais tarde chamado Juíz do Povo.

O colégio dos 24 surge então como instituição de funções regulares, junto da vereação municipal e instala-se em casa própria com a denominação de Casa dos 24.

A par da organização exclusivamente profissional, existia uma actividade associativa com fins de assistência mútua. Essa solidariedade traduziu-se na criação e manutenção de hospitais de ofícios. Cada corporação ou ofício tinha o seu hospital e nele se reunia a respectiva assembleia geral ou cabido.



 

Pesquisar

Clique aqui e junte-se a nós!
RocketTheme Joomla Templates